Entregamos em todo o Brasil

Frete grátis SP e grande SP para compras acima de R$ 300,00

3x sem juros no cartão para compras acima de R$ 500,00

5% de desconto à vista no boleto ou depósito, exceto nos
produtos em Oferta

Arquivo mensais:abril 2017

  • Velho Mundo ou Novo Mundo: Como Escolher?

    Se na hora de realizar sua seleção de vinhos surgem dúvidas como: Qual o melhor país produtor? França, Chile, Argentina, Itália, ou…? Não se preocupe, porque preparei algumas explicações interessantes para te ajudar.

    Primeiramente vamos falar sobre a diferenças entre o que chamamos de Velho Mundo e Novo Mundo.

    Estes termos designam regiões produtores que, basicamente, possuem “ou não” tradição vinícola. Portanto entenda-se como Velho Mundo: França, Itália, Portugal, Espanha e alguns outros países europeus que possuem uma história de séculos em relação ao vinho e, sua cultura se mistura a ele, sendo de fundamental importância econômica para muitos. Encontramos vinhedos centenários, técnicas de viticultura passadas de pais para filhos, geração após geração de um negócio, ou melhor, de uma paixão que se torna parte genética de cada novo “ser” destes clãs.

    As regras criadas para proteger e legitimar a produção vinícola na Europa, tais como: as AOC1 na França, as DOCG2, DOC3 e IGT4 na Itália, para citar as mais conhecidas, ditaram padrões que devem ser seguidos por todos os produtores que possuem vinhos com estas certificações. Eles são cobrados quanto a rendimento por hectare, uvas permitidas, substâncias químicas utilizadas ou não, padrões de processos...Por isso, alguns vinicultores buscando mais liberdade de produção, acharam uma alternativa nas chamadas terras do Novo Mundo, que cada dia mais ganham fama por seus vinhos.

    1.Apellation de Origine Controllè
    2.Denomination De Origine Controllata e Garantita
    3.Denomination De Origine Controllata
    4.Indicazione Geografica Tipica

    Alguns países do Novo Mundo, como: Argentina, Chile, Estados Unidos, Brasil, possuem um interesse recente pelo vinho e pela vinicultura. Os profissionais que hoje comandam a produção nestes países, estudaram muito e grande parte se aperfeiçoou na Europa, aprendendo e praticando a melhor forma de manejo das Vitis Viníferas. A vontade de ousar e produzir vinhos que fujam de um determinado contexto, também ajudou a elevar a qualidade dos vinhos aí produzidos, contando com a associação de grandes nomes – Cheval Blanc, Mumm, Baron Philippe de Rothschild – a produtores locais e desenvolvendo um intercambio de conhecimentos.

    Já devidamente conceituados, voltemos à hora da escolha. Se você iniciou agora no apaixonante mundo dos vinhos, prefira os originários do Novo Mundo que são, em sua maioria, mais fáceis, frutados, de bom equilíbrio, possíveis de serem entendidos mais tranquilamente. Outra vantagem é o preço, que realmente é imbatível, pois dificilmente você encontrará um vinho europeu com a mesma relação preço x qualidade. Note, com o passar do tempo, o paladar evolui e se torna mais preparado para outras experiências. A partir daí começa a busca por estilos diferentes, o que acontece naturalmente.

    Todo vinho tem seu momento e, como aqui tratamos de gosto pessoal, é impossível dizer que um ou outro estilo é o melhor, pois o “bom” vinho é aquele que te dá prazer e ponto final.

    Texto da Sommeliere Marcia Gombos

    Aproveite nossas dicas e escolha o vinho que mais te agrada, seja do velho ou do novo mundo!

    www.winebrasil.com.br

  • Os melhores vinhos para a Páscoa

    A Páscoa está chegando e, como tradição, o chocolate, bacalhau e outros peixes sempre estão presentes à mesa. No entanto, nada mais especial para momentos em família do que um bom vinho. Para não errar na escolha, convidamos o Sommelier Douglas Marco para sugerir alguns vinhos para o almoço de Páscoa:

    O Bacalhau é um prato muito delicado, por isso os vinhos brancos sempre caem bem, pois são encorpados e possuem boa acidez, porém, se preferir um vinho tinto alguns cuidados precisam ser tomados para não prejudicar a degustação. Caso o seu prato de bacalhau contenha muitos temperos e condimentos fortes, como ervas e pimentões, dê preferência para os vinhos tintos fabricados a partir de uvas Pinot Noir, sendo um vinho que apresenta uma quantidade menor de taninos e, assim, acentuará melhor os sabores presentes. Aqui vai a dica dos vinhos para bacalhau:

    Para outros tipos de peixes, a preocupação com a adequação ainda deve ser mantida, devido a grande diversidade destes animais com escamas, o tipo de vinho influenciará totalmente em sua refeição, então uma escolha errada pode acarretar um conflito gastronômico grave!
    Mas este não é um momento para preocupações, pois vamos listar todos os tipos de vinhos para Páscoa:

    Além dos vinhos para a páscoa, outro convidado que não pode faltar nesta lista são os ovos de chocolate, que além de fazer a alegria da garotada, também arrancam sorrisos dos adultos. Para complementar ainda mais esse delicioso encontro, vamos abrir uma bela garrafa de vinho, o que acha? Se a sua dúvida é qual bebida é a mais indicada, recomendamos os vinhos do porto, que são mais fortificados e fazem uma bela parceria com os irresistíveis chocolates, confira:

    Deixe  sua mesa  completa, com boas opções de vinhos para a Páscoa!
    E Aproveite nossas próximas dicas!
    Até lá!

2 Produto(s)