Entregamos em todo o Brasil O valor da Guia do ICMS será recolhido à parte conforme a alíquota de cada Estado

Frete grátis SP e grande SP para compras acima de R$ 300,00

3x sem juros no cartão para compras acima de R$ 600,00

5% de desconto à vista no boleto ou depósito, exceto nos
produtos em Oferta

Arquivo mensais:maio 2018

  • Acerte na escolha dos vinhos para o seu casamento!

    Organizar uma festa de casamento não é uma tarefa muito simples. É preciso pesquisar, escolher e decidir todos os preparativos da lista: espaço, decoração, música, bolos, doces e, claro, as bebidas.

    No pacote de bebidas alcoólicas, geralmente é incluído cervejas, destilados (podendo ser servido como drinks ou em doses), e os vinhos. No entanto, decidir quais são os vinhos ideais para a festa, pode ser um pouco complicado. Afinal, existem diversos tipos de uvas, de diferentes regiões do mundo e cada um, combina melhor com determinado momento da festa e harmoniza com tipos de pratos bem específicos.

    Para ajudar você a ter uma festa perfeita, separamos algumas dúvidas frequentes e sugestões de vinhos para agradar a todos os gostos. Confira.

    1.   Quais tipos de vinho são ideais para a sua festa de casamento?

    Entre os diversos tipos de vinhos, quatro deles são essenciais para montar uma lista de bebidas completa para o seu casamento: os vinhos espumantes, os vinhos brancos, os vinhos rosés e os vinhos tintos.

    As escolhas dos rótulos e da quantidade de cada vinho, vai variar de acordo com o estilo da festa: ela será realizada durante o dia ou durante a noite? No inverno ou no verão? Qual vai ser o tipo de buffet? Qual foi o cardápio escolhido? Quais outras bebidas serão servidas? Os casamentos durante o dia e festas feitas no verão pedem mais vinhos brancos, rosés e espumantes do que as festas noturnas. Assim como os casamentos na praia e no campo!

    2.    Quantas garrafas devo comprar?

    O tamanho da festa não importa nesse cálculo, pois a média é sempre a mesma e os elementos costumam ser iguais. Se for no estilo coquetel - com canapés e finger foods, o famoso “bolo e Champagne” - aposte em uma garrafa para cada dois convidados; Agora, se for servir um almoço ou jantar, pode diminuir o volume de garrafas - uma para cada três convidados é o ideal.

    3.    Quais vinhos escolher?

    Essa é a pergunta que não quer calar, mas a resposta é bem simples: vai depender... em primeiro lugar, o que vai ser servido no casamento. Canapés? Carnes? Massas? Risotos? Doces? Quanto pretende gastar com as bebidas?

    Essas perguntas são muito importantes para poder definir a carta de vinhos ideal para os seus convidados, porque os vinhos devem ser perfeitamente harmonizados com o cardápio escolhido. Veja as dicas que separamos:

    Carne Vermelha
    Se os pratos principais são de carne vermelha, os vinhos ideais são os tintos. Um vinho argentino feito de Malbec, ou os mais leves como os Pinot Noir são perfeitos; Mas você pode escolher os tintos intermediários também, como Merlot e Carménère são ótimas sugestões.

    Carne de Aves
    Carnes brancas pedem vinhos mais leves e com menos taninos para acompanhar, como os das castas Pinot Noir e Carménère. Entre os vinhos brancos, opte pelas uvas Chardonnay e Sauvignon Blanc, além dos espumantes da região de Prosecco, na Itália, que também são excelentes.

    Massas
    Os tintos italianos que harmonizam muito bem com massas acompanhadas de molhos vermelhos, cogumelos ou carne à bolonhesa são os Chianti e do Priorato.

    Queijos
    Em geral, parmesão e outros queijos duros harmonizam com Malbecs argentinos, Primtivos de Puglia ou Chantis. Queijos macios, como brie e camembert, pedem vinhos brancos de corpo médio a leve e acidez intermediária, como os Chardonnay do Novo Mundo. Já os queijos azuis, como gorgonzola e roquefort, precisam de vinhos de sobremesa, como os Vinho do Porto, Sauternes ou de Colheita Tardia. Enquanto os queijos de massa filada, tipo mussarela e provolone, harmonizam com vinhos tintos de corpo leve ou médio, com acidez acentuada para equilibrar a gordura, como os feitos com as uvas Cabernet Sauvignon, Merlot e Cabernet Franc.

    Frutos do Mar e Peixes
    A clássica combinação é o vinho branco, como os Chablis, Rieslings e Pinot Grigio. No entanto, alguns tintos são uma excelente opção, como os da uva Pinot Noir para o atum e a italiana Sangiovese para peixes de rio. Os rosés também são uma boa pedida, principalmente para acompanhar salmão e buffets de comida japonesa.

    Sobremesas
    Harmonizar vinhos com sobremesa é uma tarefa bastante difícil, principalmente por causa do açúcar usado no preparo das sobremesas. Por isso, a nossa indicação tanto para a o Bolo com Champagne quanto para as sobremesas após as refeições é o italiano Prosecco, dos tipos demi-séc e brut, que possuem doçura suficiente para harmonizar com o açúcar do bolo.

    4.    Qual a temperatura ideal dos vinhos para servir aos meus convidados?

    Existem algumas regras que determinam a temperatura adequada para cada tipo de vinho. Vamos conferir: os espumantes devem ser servidos até 10ºC, os brancos de 12 a 14ºC e os tintos entre 16 e 18ºC.

    Com essas dicas, vai ser difícil o seu casamento não ser um sucesso. Aproveite e deixe o seu comentário e nos acompanhe nas redes sociais.

  • Drinks com Vinho - Sangria


    Para deixar qualquer coisa melhor, basta colocar vinho certo?

    Então, hoje no nosso blog vamos começar uma série com Drinks deliciosos com vinho!

    Para começar vamos com uma bebida bem tradicional espanhola criada na região de Andaluzia e possui esse nome exatamente pela cor vermelho sangue, a Sangria.

    Ingredientes:

    • 01 laranja sem casca, sem pele e sem sementes.
    • 01 laranja com casca, sem sementes, cortada em rodelas.
    • 01 limão Taiti, com casca, cortado em rodelas.
    • 01 maça vermelha com casca, cortada em fatias.
    • 01 maça verde com casca, cortada em fatias.
    • 01 xícara (chá) de morangos picados.
    • 01 xícara (chá) de abacaxi cortado em cubos.
    • 01 colher (sopa) de açúcar.
    • 01 dose de conhaque.
    • 01 dose de Cointreau (Licor de laranja).
    • 01 garrafa de vinho tinto seco.
    • Suco de 01 limão.
    • 1 xícara (chá) de agua com gás.

    Modo de preparo:

    • Em uma jarra grande, coloque as frutas e jogue o açúcar por cima.
    • Coloque a dose de conhaque e de Cointreau.
    • Deixe descansar por 20 minutos.
    • Junte o vinho gelado, o suco do limão e a água.
    • Misture (Se achar necessário, coloque mais açúcar).
    • Coloque gelo e sirva.

    Gostou da receita? Vai fazer? Não esqueça de postar nas redes sociais com a #WineBrasil
    Deixe nos comentários qual a próxima receita que você quer ver no nosso blog.
    Até a próxima!

  • 05 dicas para harmonizar vinhos e massas

    Na hora de escolher um vinho para levar a um almoço ou a um jantar, você fica com a dúvida: qual vinho harmoniza melhor com determinado prato? No post de hoje, vamos falar sobre os vinhos que possui sabores e texturas próprios que podem ser combinados com massas.

    Essa combinação entre vinhos e massas podem depender, principalmente, da escolha do molho. Os molhos mais comuns para as massas são os à base de tomate, que agradam qualquer paladar. Mas existem outros clássicos como à bolonhesa, molho branco e de queijo, que nesse caso, pedem vinhos com características distintas.

    O sabor de um não deve jamais se sobrepor ao outro, e sim que eles sejam similares para garantir um equilíbrio. O ideal é que as características de ambos trabalhem juntas para garantir uma ótima experiência gastronômica.

    Confira algumas dicas para tornar a sua harmonização mais agradável:

    Molho Vermelho

    Neste caso, é possível optar por vinhos mais leves, porém, com uma acidez mais acentuada. Assim, as melhores opções de vinho para acompanhar massas com molhos à base de tomate são os Chianti, Merlot e rosés em geral.

    Sugestões :
    https://www.winebrasil.com.br/villa-antinori-chianti-classico
    https://www.winebrasil.com.br/angelica-zapata-merlot
    https://www.winebrasil.com.br/tipo-de-vinhos/roses/rosa-dei-masi-rosato-delle-venezie

    Molho Bolonhesa


    Esse tipo de molho costuma combinar com todos os tipos de massas e harmonizam bem com vinhos um pouco mais encorpados, como Cabernet Sauvignon ou até mesmo com o Malbec.

    Sugestões:
    https://www.winebrasil.com.br/chateau-ste-michelle-cabernet-sauvignon
    https://www.winebrasil.com.br/numina-malbec

    Molho Branco / Queijo


    Para as massas com molhos brancos ou de queijo, devem ser acompanhados por vinhos brancos mais encorpados podendo educar o prato de forma consistente, como Chardonnay ou tintos delicados: Pinot Noir, Beaujolais.
    Sugestões:
    https://www.winebrasil.com.br/roux-coteaux-bourguignons-aligote-e-chardonnay
    https://www.winebrasil.com.br/framingham-pinot-noir
    https://www.winebrasil.com.br/roux-coteaux-bourguignons-gamay-pinot-noir

    Molho de Frutos do Mar


    As massas com frutos do mar e peixes, seguem a mesma filosofia de harmonização dos outros pratos feitos com esses ingredientes. Então sugerimos para acompanhar vinhos brancos e rosés em geral.
    Sugestões:
    https://www.winebrasil.com.br/tipo-de-vinhos/brancos/albert-bichot-bourgogne-aligote-blanc
    https://www.winebrasil.com.br/tipo-de-vinhos/roses/rosa-dei-masi-rosato-delle-venezie

    Al Pesto

    Um molho simples que tem os principais ingredientes: manjericão e queijo parmesão, vai muito bem com os vinhos brancos feitos com a uva Sauvignon Blanc ou Torrontés.

    Sugestões:
    https://www.winebrasil.com.br/terranoble-sauvignon-blanc
    https://www.winebrasil.com.br/alta-vista-premium-estate-torrontes

    Gostou das nossas dicas? Quer mais sugestões? Deixe nos comentários o que achou e até o próximo post!

  • Vinhos para cada tipo de mãe

    Já dizia o ditado: mãe é tudo igual, mas isso pode ser um pouco exagerado. Por mais que elas são parecidas em muitos aspectos, como por exemplo amor incondicional por nós, filhos, por outro lado, elas podem ser diferentes também. E quem acha isso deve achar que vinho é a mesma coisa, só muda o preço. Contudo, cada uma tem o seu jeitinho especial de nos amar e para homenageá-las, preparamos uma seleção de 8 perfis maternos com sugestão de vinhos, uma para cada tipo de mamã, entre tintos, branco, espumantes, roses, Porto e sem álcool.

    • Mãe SUPERPROTETORA

    “Filho, leva um casaco”. “Cuidado, você vai se machucar”. “Não pode ir sozinho, é perigoso”. Quem nunca ouviu isso de uma mãe? mas isso faz parte do instinto materno, mas algumas mães exageram. Os filhos desta mãezona por vezes são inseguros e têm dificuldades de escolher. Por isso, vá para uma compra segura, uma marca conhecida, de qualidade comprovada e com o estilo que agrada a todos. Um tinto com corpo e elegância vai agradar a sua mãe com certeza.

    Vinho: Angelica Zapata Malbec 2013, Catena ZapataMalbec Argentino

     

     

    2012

    https://www.winebrasil.com.br/angelica-zapata-malbec

    https://www.winebrasil.com.br/catena-zapata-malbec

     

    • Mãe AUTORITÁRIA

    Mãe à moda antiga. Disciplina é a palavra que define elas. Educar sem dar bronca, é bem raro. Neste caso, o melhor pedido é optar pela tradição. Escolha um vinho do Porto, que pode ir acompanhado com chocolates e flores. Ela irá adorar este vinho sério e tradicional, mas que no fundo é doce, como ela.

    Vinho: Taylor's Porto 10 anos, Porto Intermares Tawny.

    https://www.winebrasil.com.br/taylors-porto-10-anos

    https://www.winebrasil.com.br/porto-intermares-tawny

     

    Mãe FOFA

    Atenciosa. Carinhosa. Abraços. “Eu te amo” o tempo todo não poderia faltar nessas mãezonas. Escolha um vinho meio-doce, macio e perfumado, para combinar com essa “florzinha” que ela é.

    Vinho: Moscato D'asti La Rosa Selvatica Docg 2016, Luccarelli Primitivo Di Manduria old vines 2013, Dow's Nirvana Reserve.

    https://www.winebrasil.com.br/moscato-d-asti-rosa-selvatica

    https://www.winebrasil.com.br/tipo-de-vinhos/luccarelli-primitivo-di-manduria-old-vines

    https://www.winebrasil.com.br/dows-nirvana-reserve

     

    • Mãe NEURÓTICA

    A mãe exagerada/alarmista. Filho caiu brincando? "Ai meu Deus! Corre pro hospital!". Estas mães geralmente são obcecadas por limpeza, organização e segurança. Então dê um sem madeira, elaborado na assepsia do aço inox e se possível vedado com screw cap (tampa de rosca) sem o risco de nenhuma infecção, de bret ou TCA, bactéria ou problemas com a rolha. Um rosé refrescante e com toda limpeza que a sua mãe quer nos aromas e sabores.

    Vinho: Poggiotondo Toscana Rosato IGT 2014,
    Villa Wolf Pinot Noir Rosé 2013.

    Links: https://www.winebrasil.com.br/tipo-de-vinhos/poggiotondo-toscana-rosato-igt

    https://www.winebrasil.com.br/tipo-de-vinhos/roses/villa-wolf-pinot-noir-rose

     

    • Mãe PAZ E AMOR

    Uma mãe alto astral, relax, o oposto da neurótica e que sempre vê o lado bom de cada coisa. Filho caiu? levanta e volta a brincar! Não há escolha melhor: uma Champagne, para celebrar a vida!

    Vinho: Champagne Veuve Clicquot Brut, Champagne Lanson Rosé Label Brut, Champagne Moet Chandon Brut Impérial

    Links:

    https://www.winebrasil.com.br/champagne-veuve-clicquot-brut

    https://www.winebrasil.com.br/champagne-lanson-rose-label-brut

    https://www.winebrasil.com.br/champagnes/champagne-moet-chandon-brut-imperial

     

    • Mãe RESPONSÁVEL

    Ela é adulta e responsável, ensinando aos filhos pelo exemplo, equilíbrio e bom senso sempre, além de mostrar o caminho para a maturidade. Esta mãe merece um clássico e equilibrado Bordeaux, para ser aberto na hora certa, sem pressa.

    Vinho: Pezat Bordeaux Supérieur 2015, Château Tour Bicheau Graves Rouge 2010

    Links: https://www.winebrasil.com.br/pezat-bordeaux-superieur

    https://www.winebrasil.com.br/chateau-tour-bicheau-graves-rouge

     

    • Mãe MODERNA

    São mães intelectuais, descoladas no campo sexual, antenadas com as novidades, mas também não abrem mão da vaidade, do trabalho fora e ainda conseguem ser mil e uma nesta função maternal. A melhor sugestão das tendências é dar a ela um “orange wine”, vinhos elaborados de forma natural e radical.

    Vinho: Ribolla Anfora 2005, Dettori Renosu Bianco Romangia IGT

    Links: https://www.winebrasil.com.br/gravner-ribolla-gialla

    https://www.winebrasil.com.br/tipo-de-vinhos/laranja/dettori-renosu-bianco-romangia-igt

     

    • Mãe SAUDÁVEL

    São atléticas, sempre preocupada com o politicamente correto, a saúde e a beleza do corpo e da mente. Ela vai se encantar com um vinho totalmente natural, sem agrotóxicos ou conservantes. Outra opção são os vinhos não alcoólicos, pois eles possuem um grande diferencial: diminui a pressão sanguínea, efeito que não é obtido pelo vinho tradicional. Além disso, vale ressaltar que a versão sem álcool é mais natural e tem menos caloria em comparação à versão comum.

    Vinho: Côtes Du Rhône Réserve Rouge 2014, Chacra Barda Pinot Noir 2013, Natureo Muscat 2014.

    Links:https://www.winebrasil.com.br/vinhos-especificos/vinhos-organicos-biodinamicos/cotes-du-rhone-reserve-rouge

    https://www.winebrasil.com.br/vinhos-especificos/vinhos-organicos-biodinamicos/chacra-barda-pinot-noir

    https://www.winebrasil.com.br/vinhos-especificos/vinhos-sem-alcool/natureo-muscat

     

    Vale lembrar que a brincadeira acima nos apresenta apenas alguns dos traços da personalidade de muitas mães brasileiras. Certamente a sua mãe tem algumas características de várias das mães citadas, além dos traços únicos e só delas. Como sempre, vale lembrar que o amor materno deve ser brindado com um belo vinho, seja ele qual for.

4 Produto(s)