Entregamos em todo o Brasil O valor da Guia do ICMS será recolhido à parte conforme a alíquota de cada Estado

Frete grátis SP e grande SP para compras acima de R$ 300,00

3x sem juros no cartão para compras acima de R$ 600,00

5% de desconto à vista no boleto ou depósito, exceto nos
produtos em Oferta

Como são classificados os vinhos Italianos?

Todo apreciador de vinhos sabe que a Itália é um dos maiores produtores de vinho do mundo, tendo características bem marcantes dependendo da sua região. Porém, outra peculiaridade que os vinhos italianos possuem são a sua classificação.

Basicamente os vinhos italianos são separados em quatro grupos:
• Vino de Tavola
• IGT
• DOC
• DOCG

Agora vamos conhecer cada um deles!

Vino de Tavola

O Vino de Tavola nada mais é que o vinho mais econômico e comum. Não possuem safra ou região específica e geralmente não possuem casta. Entre outras palavras são os vinhos que não se encaixam em nenhuma das outras classificações.

Porém, isso não está diretamente ligado a qualidade do vinho. Um Vino de Tavola pode ser bom, receber notas altas de especialistas, apenas não se encaixa nos padrões impostos nas outras classificações.

IGT

IGT (Indicazine Geografica Tipica) são vinhos que já possuem uma região mais determinada mas ainda não possuem os requisitos necessários para se tornarem DOC ou DOCG.

 

Um bom exemplo de vinho IGT é o tinto PAOLELO FIORE DI VIGNA PRIMITIVO SALENTO IGT 2010

DOC

Os vinhos DOC (Denominazione Di Oregene Controllata) são aqueles provenientes de uma região certificada e que segue regras especificadas pelo governo italiano referentes à produção do vinho. As castas permitidas, a forma de colheita e teor alcoólico são alguns dos fatores que determinam se o vinho se enquadra a certificação da região.

Antes de serem vendidos, são testados e caso não atinjam os requisitos não poderão ser vendidos com a denominação da região DOC, podendo ser classificado como IGT.

Vinho DOC: Brovia Sorì Del Drago Barbera D’alba DOC 2012

DOCG

DOCG (Denominazione Di Oregene Controllata e Garantida) é o ponto mais alto que o vinho pode chegar. Esta classificação é feita de forma da mesma foram que a DOC, porém mais rígida. Para conseguir a denominação DOCG, o vinho com selo DOC deve se manter por no mínimo 10 anos e passar pelos testes de qualidade em todas as etapas, lote a lote, além de passar por uma degustação para garantir que todos os requisitos estão sendo atingidos.
Caso não seja aprovado, deve ser vendido com a classificação DOC ou IGT.

Vinho DOCG: Podere La Vigna Brunello Di Montalcino DOCG 2012

Agora que você já conhece como funciona a classificação, clique aqui e conheça nossa variedade de vinhos italianos!

Deixe uma resposta

Você precisa fazer login para publicar um comentário.