Entregamos em todo o Brasil O valor da Guia do ICMS será recolhido à parte conforme a alíquota de cada Estado

Frete grátis SP e grande SP para compras acima de R$ 300,00

3x sem juros no cartão para compras acima de R$ 600,00

5% de desconto à vista no boleto ou depósito, exceto nos
produtos em Oferta

Villa Antinori Chianti Clássico 2013

Mais Imagens

Villa Antinori Chianti Clássico 2013
92

Disponível: Em estoque

Acompanha perfeitamente os antipasti, as massas com molhos de tomate e os embutidos

750ml
R$252,00
ou em até 3x R$ 84,00 sem juros no valor total de compras acima de R$ 600,00
Opções Adicionais
OU
Sobre o produto

Detalhes

O Villa Antinori Chianti Classico veio completar a gama de produtos antes restrita ao Villa Antinori tinto ou branco, é também uma homenagem a um rótulo histórico e um vinho com longa tradição lançado no ano  de 1928.

Villa Antinori é resultado de uma seleção de uvas provenientes exclusivamente das Tenutas da Antinori na Toscana: somente uvas nascidas, crescidas, amadurecidas e colhidas nas propriedades da Antinori, e vinificadas  em cantina própria. Os dois vinhos Villa Antinori, Bianco e Rosso, são elaborados com uvas tradicionais da Toscana: Sangiovese para o tinto e Trebbiano para o branco, e variedades não-autoctones, que acabaram desenvolvendo alguma personalidade toscana depois de todo esse tempo sendo cultivadas ali.  Assim como o vinho afina em barricas ou em garrafas, o vinho afina-se também na história: os 80 anos de Villa Antinori (1928-2008) foram um longo percurso de afinamento que deu vida a este clássico da Toscana. Em 1928, o Marchese Niccolò Antinori cria Villa Antinori com a ideia, naquele tempo bastante inovativa, de produzir um Chianti ideal para ser envelhecido e melhorar com o tempo. Um vinho que, por sua importância, necessitava de um rótulo e de um nome dignos de um grande projeto. Logo, o Villa Antinori entra nos restaurantes, nas casas de pessoas importantes, hotéis etc. Em 1931 nasce o Villa Antinori Bianco, produzido com Trebbiano, à qual, nos anos 1980, foi adicionada uma pequena porcentagem de Chardonnay para conferir maior elegância. Em 2001 a evolução do Villa Antinori Rosso continua: passa da denominação Chianti Classico a de Toscana IGT.

Vinificação: Depois de desengaçadas as uvas são levemente prensadas e o mosto segue para fermentação com temperatura controlada em tanques de aço inox. As cascas permanecem em contato com mosto por doze dias com macerações frequentes para a extração de taninos macios e maduros. O vinho jovem é dividido em dois lotes e mantido e mantido em madeira até a primavera do ano seguinte a colheita. 60% do vinho é transferido para grandes barris e o restante em barricas de carvalho francês e húngaros de segundo uso para finalizar a fermentação. Uma pequena parte é transferida para barris húngaros de primeiro uso. O vinho é gentilmente transferido para pequenas barricas francesas e húngaras para o envelhecimento de 12 meses, período em que ocorre a transformação malolatica. Parte dele é transferida para grandes barris a fim de suavizar os taninos.

Amadurecimento: O vinho envelhece por 24 meses em barricas de carvalho francês e húngaro.

Aroma: Aroma bastante típico e frutado, com notas de especiarias e leve toque de baunilha.

Paladar: Na boca é estruturado, com boa acidez e taninos sedosos. Final frutado e com boa persistência.

Harmonização: Acompanha perfeitamente os antipasti, as massas com molhos de tomate e os embutidos.

Ficha técnica

Ficha técnica

Tipo de Vinho Tinto
Tipo Gustativo Seco
País Itália
Região Toscana
Produtor Antinori
Safra 2013
Cor do Vinho Vermelho Rubi
Volume 750ml
Uvas Cabernet Sauvignon, Merlot, Sangiovese
Pontuação James Suckling 92 pontos, The Wine Advocate 91 pontos
Temperatura de Serviço 15°C a 18°C
Sugestão de Guarda até 8 anos
Graduação Alcoólica 14,0%
Harmonização Carnes Vermelhas, Embutidos, Massas
História do produtor

Deixe seu comentário